Notícias

Nos acréscimos, Ramires decide vitória cruzeirense de virada

Por Alexandre Simões, 13/07/2020 às 12:14
atualizado em: 13/07/2020 às 12:45

Texto:

Foto: Cruzeiro Site Oficial
Cruzeiro Site Oficial

Atlético e Cruzeiro jogam pelo turno da Série A do Campeonato Brasileiro pouco mais de dois meses após decidirem o Estadual, conquistado pela Raposa com duas vitórias, a primeira delas por 5 a 0.

O Galo amargava seis jogos sem vitória sobre o rival. E saiu na frente, com um gol de Danilinho, mas logo depois o zagueiro Thiago Martinelli empatou. A igualdade parecia definitiva, mas o volante Ramires, um carrasco atleticano nos tempos de Toca II, aproveitou um erro de marcação da zaga alvinegra e decretou a virada.

A FICHA DO JOGO
CRUZEIRO
2
Fábio; Marquinhos Paraná, Espinoza, Thiago Martinelli e Jadílson (Jonathan); Fabrício, Charles, Ramires e Wagner; Weldon (Rômulo) e Fabinho (Gérson Magrão). Técnico: Adilson Batista 
ATLÉTICO 1
Edson; Mariano (Castillo), Marcos, Vinícius e César Prates; Renan, Serginho Borges, Márcio Araújo e Petkovic (Marques); Danilinho e Eduardo (Almir). Técnico: Alexandre Gallo
DATA: 13 de julho de 2008
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: Campeonato Brasileiro
GOLS: Danilinho, aos 33, e Thiago Martinelli, aos 36 minutos do primeiro tempo; Ramires, aos 46 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Sálvio Spino Fagundes Filho (SP), auxiliado por Jair Albano Félix (MG) e Ricardo Marques Ribeiro (MG)
CARTÃO AMARELO: Wagner, Charles, Weldon, Jonathan e Ramires (Cruzeiro) 
PÚBLICO: 37.644
RENDA: R$ 698.074,50

MAIS HISTÓRIA

OUTRO JOGO: Apenas quatro dias após um amistoso no Estádio Antônio Carlos, em Lourdes, que terminou empatado por 1 a 1, os dos rivais voltam a se enfrentar, em novo amistoso, mas agora no Barro Preto. E o Atlético faz a festa na casa do Cruzeiro, ganhando com um gol de Lauro logo no início da partida.

A FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 0
Geraldo II; Duque e Bituca; Jorge, Jambo e Ceci; Nonô, Orlando Fantoni, Abelardo, Alvinho e Sabú. Técnico: Bengala
ATLÉTICO 1
Kafunga; Murilo e Oldack; Mexicano, Zé do Monte e Carango; Tião, Carlile (Mauro), Lauro, Lêro e Nívio. Técnico: Félix Magno
DATA: 13 de julho de 1947
LOCAL: Barro Preto
MOTIVO: Amistoso
GOL: Lauro, aos 8 minutos do primeiro tempo
ARBITRAGEM: Fuad Abras
RENDA: Cr$ 24.271

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O hospital é parceiro da CBF. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Será primeira sessão de votação depois do retorno do recesso parlamentar, na primeira segunda-feira do mês (3). #Itatiaia

    Acessar Link